terça-feira, outubro 16, 2007



Um Novo Recomeço...




Fala Galera!

Seja Bem-Vindo ao meu Blog!!!

Fazer um blog surgiu de uma idéia antiga que tive: mantê-los atualizados de tudo que acontece em minha carreira como atleta profissional. Começei em 2005, onde criei o "Informativo Guto Antunes". Como farei neste blog, procurei atualizar a todos sobre as curiosidades, novidades, vitórias, fotos e até de fatos não muito comuns e agradáveis ao nosso mundo enquanto atletas/esportistas: acidentes e derrotas.

Apesar de estar hoje tocando minha carreira como profissional, posso ter a honra de dizer que ainda sou um amante deste esporte. Gosto de cada detalhe, desde os técnicos como equipamentos, tática de provas até os que considero a verdadeira alma desse esporte: estar junto de várias pessoas que lutam todos os dias para alcançar seus objetivos, não importa o preço pago por isso.

Ainda me emociono ao assistir algumas provas e ver o esforço de pessoas que passaram por dificuldades (sejam elas para treinar, ou para lidar com a agenda lotada) e vê-las chegar com um mix de dor e sorriso no rosto ao final de cada prova... Acho que fico assim pelo fato de que a história de cada uma dessas "lutas" ter a ver muito comigo. Na minha carreira, tudo foi assim: com muito esforço. Desde superar acidentes (não foram poucos), passando pela falta de apoio financeiro no começo da carreira, até ter que abrir mão de passar momentos agradáveis com a família e amigos... Tudo para poder sentir, nem que for por uma vez apenas, o gosto de superar os seus limites.

Foi assim que me senti na Etapa da USP do Troféu Brasil. No final da prova, após conseguir a 3º colocação (melhor resultado nos últimos anos de um triatleta paulistano) passei a linha de chegada, abaixei a cabeça e chorei... Lembrei cada dia que passei dentro desse esporte: desde 1999, o dia que cheguei à equipe Trilopez e relembrei por todas as provações que tive que passar (até o recente atropelamento em março deste ano). Na corrida, principalmente nos últimos 2 km pensei em muita coisa. Mas o que mais me chamou atenção foi descobrir, depois de 10 anos treinando, a maior oportunidade que o triathlon nos dá: a de que recomeçar, não importa de qual ponto você tenha parado algo na sua vida, é uma benção.

Grande abraço e bons treinos,
Guto Antunes




Um comentário:

tadferre disse...

valeu Guto, parabéns por mais esta empreitada.